Patrocinador


Sombra do diabo

Uma sombra na parede um rastro de sangue
Morto de vergonha ou surpreso pelo drama
Seu olhar horrorizado fora de órbita
O ser demoníaco para desempenhar o seu papel
Aquartelando sua carne rasgando seu coração
As vísceras espalhadas pelo chão
E nenhum traço de sua obra-prima de sangue
Batendo a morte em muitos lugares, já está sua à espera
querendo se prevalecer
A alma já está em suas mãos
Vê que a mulher esta sofrendo
Enquando o pobre diabo é cruelmente sacrificado
Na noite de névoa baixa

0 comentários:



Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget