Patrocinador


O poeta sem palavras

Um poeta sem palavras
Desenha em uma poça
Seus melhores pensamentos
Sem a necessidade de pincéis
Ou água de pintura
Estas cores, ele sempre pode inventá-los
Um poeta sem palavras
Atrás de uma caneta
ou uma caneta em frente a seu poeta
Para que o poeta me encontre
Sem a necessidade de me inventar
Ou cantarolar uma nota que soa falsa.
Lá você vai sempre me tocar
Um poeta sem palavras
Às vezes se refere às aves
Para me dizer que as estão livres
Você ouve meu grito, e eu oiço os seus ecos
A quebrar o seu coração.
Ele lhe diz para seguir
Um poeta sem palavras
Sua única falha
Isso é não ter uma palavra
Mas simplesmente
Um coração que vibra
Vjarski,poesia não precisa ter sentido, precisa ser sentida.

0 comentários:



Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget