Patrocinador


Feitiço ancenstral

O fatal anjo entra

Roubando meus encantos nus

Um feitiço de penas tem voado

De pureza virginal

Abaixo de meus véus transparentes

o corpo mole coberto de seda

Ternura sem força e sem vergonha

Um vestido fino com lances céu

A flor do amor em um jardim de orvalho

Como uma tela de artista, gravado para a beleza

Como uma antiga escultura em baixo

Lembre-se do corpo sem cortinas

Em uma nuvem onde os amantes amontoados

Ao escrever o estrelado luar
No abraço do céu

0 comentários:



Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget