Patrocinador


Eu

Tenho na minha cabeça uma Avenida em uma Metrópole
Um trem que passa sem um som,
A contagem regressiva começa outra vez
Um soldado de brinquedo que equilíbrio.

Não tenho amigos, porque que tenho muitas escadas para subir,
Eu não dormi também muitas histórias para contar.

E no coração o amor a um pobre amigo
Este trem indo no infinito é
Um amor que você sente falta das vibrações é
Um rolo que lancei ao mar cheio de ressentimento.

0 comentários:



Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget