Patrocinador


Herrar hé Umano.





Herrar pode até cer umano
Mas repetir o herro
É burisse
E mesmo acin tem jente
Que ainda inciste em virar
A pájina huma apóz outra e faser de conta que nada acontesseu
E ter a audássia de pençar
Que ce continuar herrando
Vai ter cempre dezculpas.
Continuar ha
Herrar e jurar que extá serto
cem umildade nenhuma de reconhesser
a çua higuinorânssia
e cempre ter abçoluta ssertesa que çuas verdades ção
çoberanas
e que a opinião dos outros
não lhe interéça
prinssipalmente
quando ece çer umano tem em ceu
linguajar a famoza fraze
Herrar hé
Umano.
Hé claro que todos nóz herramos!
Mas cerá que todos çaben diferênssiar o serto do herrado?
Hum exemplo hé:
detonar a lingua portugueza
e axar que é arte, pode até cer cin!
Pra brincar e faser poezia .
mas axar que pode enganar o ssérebro,
ai hé burrisse
e mais burrisse ainda hé ce faser de dezintendido pra não açumir ceus herros umanos.
(Podemos enganar os olhos, mas o cérebro nunca)

Vjarski

0 comentários:



Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget