Patrocinador


Imortal

A morte está se fechando no meu estar em transe

Quero gritar , eu não posso resistir

Eu estou me sufocando, meu coração quer deixar ir

Um último olhar a vida, e continuará a ser esquecido



Ah , o sofrimento ancorado inerte me deixei escorregar

boneca desarticulada, quero deixar tudo

Covardia em relação à vida que se encontra

A maré virou, eu mergulho ao largo das maravilhas



Meu corpo paralisado , um coração magro

Eu me sinto culpada de ter existido, nascendo

Eu revelei minha alma, em uma vela

Perto da morte , coberta de rendas



Ah, o tempo passa, venho a ti nua

Saindo da terra, que me mata

Sinto-me com náuseas, sensação de que o nome é

Este diabo veio sobre mim , para tornar-me imortal.

Vjarski

0 comentários:



Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget